Oração à Nossa Senhora Aparecida

outubro 12, 2013

Virgem Aparecida

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ó incomparável Senhora da Conceição Aparecida,
Mãe de Deus, Rainha dos Anjos,
Advogada dos pecadores,
refúgio e consolação dos aflitos e atribulados,
Virgem Santíssima,
cheia de poder e de bondade,
lançai sobre nós um olhar favorável,
para que sejamos socorridos por vós,
em todas as necessidades em que nos acharmos.
Lembrai-vos, ó clementíssima Mãe Aparecida,
que nunca se ouviu dizer
que algum daqueles que têm a vós recorrido,
invocado vosso santíssimo nome
e implorado a vossa singular proteção,
fosse por vós abandonado.
Animados com esta confiança,
a vós recorremos.
Tomamo-vos para sempre por nossa Mãe,
nossa protetora, consolação e guia,
esperança e luz na hora da morte.
Livrai-nos de tudo o que possa ofender-vos
e ao vosso Santíssimo Filho, Jesus.
Preservai-nos de todos os perigos
da alma e do corpo;
dirigi-nos em todos os assuntos espirituais e temporais.
Livrai-nos da tentação do demônio,
para que, trilhando o caminho da virtude,
possamos um dia ver-vos e amar-vos
na eterna glória, por todos os séculos dos séculos. Amém..


Viva Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil!

outubro 12, 2013

Nossa senhora aparecida - pesa

No ano de 1717 três pescadores, levados por necessidades históricas e econômicas, saíram a pescar, numa época escassa de peixe. Por uma ação misteriosa de Deus, chegando ao Porto de Itaguassu, a primeira coisa que caiu em suas redes foi o corpo de uma imagem quebrada na altura do pescoço.

Num segundo lance de rede pescaram a cabeça da imagem. Juntando as duas partes, viu-se que se tratava da Imagem da Senhora da Conceição. Depois da pesca da imagem, a pesca de peixe foi tão abundante que os pescadores e seus familiares se deram conta do milagre.

Por ter aparecido na devoção do povo de um modo tão misterioso, a Imagem da Senhora da Conceição passou a ser conhecida como “Aparecida”, nome que a consagrou na devoção popular, chegando a ser proclamada Rainha e Padroeira do Brasil, e sendo seu Santuário declarado de âmbito nacional.

Hoje, o Santuário é um templo de grande evangelização confiado ao zelo apostólico dos Missionários Redentoristas, que há mais de um século são responsáveis pela pastoral e pelo atendimento aos romeiros e peregrinos que chegam de todas as partes do País e do exterior.

O Santuário Nacional já teve a graça de receber a visita de dois Papas: João Paulo II esteve na Casa da Mãe Aparecida no ano de 1980. O Papa Bento XVI se fez-se romeiro em maio de 2007, quando afirmou ter ficado emocionado com a estrutura do Santuário e a acolhida do povo brasileiro.

A Imagem de Nossa Senhora Aparecida peregrinou entre 1717 e 1732, nas paragens do Ribeirão do Sá, Ponte Alta e Itaguassu.

Em 1732, Filipe Pedroso, um dos pescadores presentes no encontro da Imagem, entregou-a a seu filho Atanásio que lhe construiu o primeiro oratório aberto ao público. Naquele oratório aconteceu o milagre das velas que despertou maior expansão na devoção a Nossa Senhora da Conceição sob o novo título de Aparecida.

Com o aumento da devoção, Padre José Alves Vilela, então vigário de Guaratinguetá, teve de providenciar a aprovação da devoção em Nossa Senhora Aparecida pelas autoridades da Igreja para a construção do primeiro templo em louvor à Mãe Aparecida.

Com a aprovação, a primeira igreja foi construída em 1745 no Morro dos Coqueiros, hoje Praça Nossa Senhora Aparecida, que acolheu multidões durante 145 anos (1745 a 1888). Era de taipa e pilão e não resistiu ao tempo.  segunda que a substituiu, e que ainda existe, foi inaugurada em 24 de julho de 1888, e a conhecemos por Matriz Basílica, popularmente chamada Basílica Velha. Acolheu multidões de peregrinos durante 95 anos(1888 – 1983). De estilo barroco, foi tombada como monumento de interesse histórico, religioso e arquitetônico em 18 de abril de 1982.

O Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, que é o maior Santuário dedicado a Maria, Mãe de Deus, no mundo, localiza-se no Vale do Paraíba, no eixo Rio de Janeiro – São Paulo – Minas Gerais

e entre as duas cidades mais importantes do país, São Paulo e Rio de Janeiro. Por esse vale corre um rio de nome Paraíba, que foi palco do aparecimento de uma devoção que tomou conta de todo o Brasil.

 Fonte: http://www.arquidioceseaparecida.org.br