Vale a pena viver…

julho 12, 2010

 

Oi pessoal, Paz e Bem para todos vocês!

Quero partilhar com vocês uma linda poesia do grande escritor português Fernando Pessoa, espero que assim como ela mexe muito comigo e toca meu coração que seja assim para vocês também.

Uma ótima semana e que Deus abençoe todos vocês.

Em Cristo,

Fabiana

“Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço que a minha vida é a melhor empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios.
Ser feliz é deixar de ser vitima dos problemas e tornar-se autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo. É ter coragem de ouvir um “não”.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho??? Guardo-as todas… um dia vou construir um castelo…”                                                                                               (Fernando Pessoa) 

Anúncios

Confie cegamente no Senhor!

julho 1, 2010

Bom Dia gente! Paz e Bem!

Ainda estou impactada com algo muito lindo que me aconteceu ontem. Quando cheguei em minha sala onde trabalho na comunidade, a Cleonice, uma irmã muito querida da comunidade tinha deixado algo para mim, uma bolsinha com 2 batons(lindos por sinal!) e um bilhetinho onde estava escrito: CONFIA CEGAMENTE NO SENHOR!  

Li e achei um sinal muito lindo de Deus para mim… Como Deus é lindo, maravilhoso e me surpreende a cada sinal usando pessoas para serem portadoras de sua mensagem.

Desde ontem estou ruminando essas palavras e me pondo a pensar no significado de cada uma delas em minha vida.

Primeiro a CONFIANÇA, percebo que preciso confiar mais no Senhor, ainda é pouca minha confiança, confiar em seu amor, em sua misericórdia, em sua providência, em sua companhia, em sua presença que me ama, me conforta, nunca me deixa só, em sua proteção, enfim, preciso confiar mais no Senhor. Depois a segunda palavra me impactou ainda mais: CEGAMENTE. Nossa! Fiquei imaginando um deficiente visual, ele não enxerga com os olhos, ele usa outros sentidos que o ajudam a participar e estar inserido em atividades do cotidiano. E ele consegue mesmo sem a visão viver normalmente, muitas vezes precisa de ajuda e confia na pessoa que o está guiando, assim devemos ser nós, pois aquele que nos guia é o nosso Deus que nos ama e que quer nosso bem.

A confiança cega no Senhor, diz respeito a um abandono total, a depositar a nossa segurança e tudo que temos e somos nas mãos do Senhor. Acreditar que Ele está conosco, mesmo quando aparentemente parece que estamos sozinhos.

É essa confiança cega que peço hoje ao Senhor, não quero ser como São Tomé e duvidar que Jesus está vivo e agindo entre nós, não quero olhar as coisas com os olhos da carne, mas com os olhos da fé, saber que a minha vida deve ser sempre guiada, dirigida e centralizada na pessoa de Jesus Cristo.

Ainda estou meditando, pensando e rezando diante de tudo isso e partilho com vocês essa linda experiência.

Então, vamos fazer juntos fazer esse propósito: CONFIAR CEGAMENTE NO SENHOR!

Deus os abençoe,

Fabiana.

“Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas.”

Provérbios 3,5-6


Qual parte você escolhe?

junho 16, 2010

 

«Continuando o seu caminho, Jesus entrou numa aldeia. E uma mulher, de nome Marta, recebeu-o em sua casa. Tinha ela uma irmã, chamada Maria, a qual, sentada aos pés do Senhor, escutava a sua palavra. Marta, porém, andava atarefada com muitos serviços e aproximando-se, disse: «Senhor, não te preocupa que a minha irmã me deixe sozinha a servir? “Diz-lhe, pois, que me venha ajudar.» O Senhor respondeu-lhe: «Marta, Marta, andas inquieta e perturbada com muitas coisas; mas uma só é necessária. Maria escolheu a melhor parte, que não lhe será tirada. (Lc 10.42)

Oi gente, Paz e Bem!

Estou na cidade de Cachoeira Paulista, na casa de missão da Comunidade Obra de Maria, matando saudades de meus irmãos e irmãs de comunidade, vendo as lindas crianças da comunidade e também me inteirando sobre o evento que haverá nos dias 19 e 20/06.

Bem, voltando a leitura do Evangelho, aproveito a oportunidade para meditar a passagem acima com vocês.

Hoje lendo a passagem de Jesus na casa de Marta e Maria, meditei em minhas escolhas, naquilo que acolho e guardo em meu coração. Marta tinha suas razões, o Mestre estava em sua casa e ela precisava preparar o alimento, organizar as coisas e de repente sua irmã deixou tudo e ficou escutando Jesus. Talvez Marta tenha ficado “chateada” com a irmã, pensou: “nossa eu aqui me matando e minha ‘linda’ irmã, sentada aos pés do Rabi “, penso que em determinado momento ela ‘perdeu a paciência’ e decidiu ir até Jesus e dizer o que para ela estava sendo uma grande injustiça…

Jesus, porém, chamando Marta, mostrou que mais do que as atividades, a escuta e a intimidade com Ele é o mais importante é o fica, o que não lhe será tirado. Jesus até diz que Marta está “inquieta”, “perturbada” com muitas coisas. Fiquei meditando essas palavras de Jesus: Inquieta, que significa também apreensiva, nervosa, preocupada, ansiosa e a outra: Perturbada, que significa alterada, movida, turbada, confundida, embaraçada… Nossa! Marta, visando apenas a ação, esqueceu que de nada adianta tanto trabalho, ativismo sem uma meta a alcançar, Maria escolheu a melhor parte, que não lhe será tirada.

Assim como Marta e Maria, hoje podemos fazer nossa própria escolha, queremos ficar como quem?

Muitos se escondem através de uma vida de ativismo e não conseguem chegar a uma intimidade, uma profundidade em sua vida espiritual, ficam apenas na periferia e não vão para águas mais profundas.

Eu hoje pedi ao Senhor a graça de ser mais e mais d’Ele, mesmo com minhas inúmeras limitações aspiro a cada dia ser mais d’Ele. Tenho certeza de meu chamado e vocação, preciso apenas ser fiel, fidelidade ao Senhor e ao chamado d’Ele em minha vida.

E você meu irmão, qual parte você escolhe?

Fico no aguardo de suas respostas, mas muito mais que eu, JESUS quer ouvir…

Abraço fraterno,

Fabiana.

 


Seja feita a vossa vontade!

maio 28, 2010

Rezar o Pai Nosso é tarefa difícil, quantas vezes na pressa, na distração, no ativismo, balbuciamos palavras e não damos o devido valor aquilo que estamos falando, nem entendemos a profundidade daquilo que proferimos com nossas palavras.

Conta-se que certo dia São Francisco de Assis chamou seus companheiros e pediu que cada um deles se retirasse e fosse a um local reservado e nesse local rezasse a oração do Pai Nosso. Eles obedeceram e foram um a um. Passados alguns minutos foram chegando, uns demoraram mais tempo, passaram-se uma, duas, três horas, o dia inteiro e só Francisco não chegou. Seus companheiros ficaram preocupados, passaram-se dois, três, quatro, cinco, dez dias e nada, um mês passou e Francisco não voltou, quarenta dias depois volta Francisco à Porciúncula e seus companheiros preocupadíssimos, indagam dele onde ele estava todo esse tempo e ele responde: “Só agora consegui concluir a Oração do Pai Nosso”.

Imagino a seriedade e a profundidade com Francisco meditou cada palavra da oração que nosso Senhor nos ensinou.

Hoje estou meditando a frase: “Seja feita a vossa vontade”!

É muito fácil repetir, mas meditem comigo o quão importante, difícil e é claro, desafiador é dizer e permitir que a vontade do Senhor seja feita em minha vida…

Dizer isso significa que minha vontade deve submeter-se a vontade de Deus, então,  deixamos a vontade d’Ele prevalecer, quantas vezes peço a Deus e fico cobrando, mas não pergunto se é essa a vontade d’Ele na minha vida? Quantas vezes isso aconteceu comigo, por mais que falasse, na hora que a vontade de Deus prevalecia eu não entendi e questionava, tenho aprendido que abrir mão de sonhos, projetos e ideais vale muito a pena, a felicidade e a realização vem e é muito bom viver assim, dependente da vontade de Deus e obediente a sua santa vontade. Tenho feito essa experiência e não tenho me arrependido, que tal você fazer também?

Um abraço fraterno a todos vocês e um maravilhoso fim de semana.

Em Cristo,

Fabi.


Como está o seu jardim?

abril 13, 2010

Hoje quero meditar com vocês sobre a beleza da vida interior fazendo uma comparação.

Vi um lindo jardim de uma casa, bem cuidado, com lindas flores e folhas verdes, fiquei encantada e lembrei-me de algumas viagens que fiz a cidades do Brasil e do exterior e dos lindos lugares por onde passeis dos belos jardins que meus olhos contemplaram e sei que para eles estarem lindos houve muito trabalho e dedicação.

Assim também é na nossa vida espiritual, funciona da mesma forma. O nosso coração é como um jardim que deve ser cuidado, regado, adubado, deve haver dedicação diária da nossa parte, senão ele vai ficando seco, sem vida.

Quantos vão abandonando aos poucos as práticas espirituais como: rezar o terço, ler a Palavra de Deus, ir à Santa Missa, rezar, conversar com Jesus, o jejum, a confissão e depois vão esfriando na fé…

Muitos que abandonam o caminho o fazem de forma lenta e constante, quando decidem não ir mais a Igreja é porque já há muito tempo vem fazendo de forma involuntária, sem perceber mas Jesus não estava entre as prioridades de sua vida.

Olhe um pouco para dentro de si e reflita se você está sendo um bom jardineiro do seu jardim espiritual, você tem regado sua alma com boas leituras, bons programas de TV, boas conversas? O que você tem cultivado? Às vezes podemos estar cultivando “ervas daninhas” a nossa alma!

 Você tem dedicado um tempo, por mais corrida que seja sua vida para ler uma passagem bíblica, rezar um pouquinho (quantidade não é qualidade, 5 minutos rezados de coração valem muito!), conversar com Deus?

Será que você tem deixado outras coisas estarem acima daquele que é o Senhor de tudo?

Será que o jardim de sua alma está seco, fraco, as flores estão murchas e sem vida?

Se está assim é hora de arregaçar as mangas e correr atrás do “prejuízo”. O lindo é saber que Jesus está sempre pronto a nos amar, a nos receber de braços abertos e se você quer que Ele preencha seus vazios então dedique um pouco do seu tempo diário a Ele.

Você com certeza não se arrependerá, se diariamente dedicar um tempo ao Senhor, seu dia será mais lindo, você terá forças para enfrentar as dificuldades que virão e não perderá a esperança diante das adversidades.

Um forte abraço e peçamos a Deus força e disposição para sermos bons e fiéis jardineiros.

Fabiana.


Palavras edificantes

novembro 19, 2009

Oi gente, Paz e Bem!

Desculpem não estar escrevendo muito, tendo vivido dias intensos de dedicação ao evento dos 20 anos da comunidade. Estou bem cansada pois não só as atividades relacionadas ao evento, mas as atividades que já realizo, palestras, shows, casa, família, etc… Parece pouco estou também inserida em um espetáculo teatral que será apresentado em janeiro, nossa, ontem eu estava pensando justamente nisso, nesse acúmulo de atividades e na necessidade de escolher, reduzir e de alguma forma diminuir a carga de trabalho, confesso que pensei: “Já tenho tanto e Jesus continua me dando mais trabalho, mais missões”… Ao ler o Evangelho de ontem, pude lembrar de algo que já sabia mas estava “esquecido”. A  medida que nós nos doamos, somos fiéis, comprometidos, dedicamo-nos Deus vai nos confiando mais missões, de acordo com o grau de nossa fidelidade, não que eu me ache “fiel”, não é isso, mas eu me lanço mesmo na minha pequenez, nas minhas inseguranças,  medos e incapacidades, procuro nunca dizer NÃO a algo que Jesus me convida a fazer. E mais importante trabalhar sem reclamar, nem esperar retribuições, fazer tudo por amor, sem esperar nada em troca.

Lembro-me daquela passagem que diz que “Aquele que é fiel no pouco, será fiel no muito”. E concluo com o lindo Evangelho de ontem que veio fortificar  e edificar meu coração.

Abraço forte queridos e que Jesus os abençoe.

Fabiana Paula.

Naquele tempo, Jesus acrescentou uma parábola, porque estava perto de Jerusalém e eles pensavam que o Reino de Deus ia chegar logo. Então Jesus disse:
“Um homem nobre partiu para um país distante, a fim de ser coroado rei e depois voltar. Chamou então dez dos seus empregados, entregou cem moedas de prata a cada um e disse: ‘Procurai negociar até que eu volte’.
Seus concidadãos, porém, o odiavam, e enviaram uma embaixada atrás dele, dizendo: ‘Nós não queremos que esse homem reine sobre nós’. Mas o homem foi coroado rei e voltou. Mandou chamar os empregados, aos quais havia dado o dinheiro, a fim de saber quanto cada um havia lucrado. 1 primeiro chegou e disse: ‘Senhor, as cem moedas renderam dez vezes mais’.  homem disse: ‘Muito bem, servo bom. Como foste fiel em coisas pequenas, recebe o governo de dez cidades’.
O segundo chegou e disse: ‘Senhor, as cem moedas renderam cinco vezes mais’. O homem disse também a este: ‘Recebe tu também o governo de cinco cidades’. Chegou o outro empregado e disse: ‘Senhor, aqui estão as tuas cem moedas que guardei num lenço, pois eu tinha medo de ti, porque és um homem severo. Recebes o que não deste e colhes o que não semeaste’. O homem disse: ‘Servo mau, eu te julgo pela tua própria boca. Tu sabias que eu sou um homem severo, que recebo o que não dei e colho o que não semeei. Então, por que tu não depositaste meu dinheiro no banco? Ao chegar, eu o retiraria com juros’. Depois disse aos que estavam aí presentes: ‘Tirai dele as cem moedas e dai-as àquele que tem mil’. Os presentes disseram: ‘Senhor, esse já tem mil moedas!’ Ele respondeu: ‘Eu vos digo: a todo aquele que já possui, será dado mais ainda; mas àquele que nada tem, será tirado até mesmo o que tem. E quanto a esses inimigos, que não queriam que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e matai-os na minha frente’”. Jesus caminhava à frente dos discípulos, subindo para Jerusalém.


Tudo deve estar sob a vontade de Deus

outubro 30, 2009
árvores 1

Confiar, esperar e sempre descansar no Senhor...

Meus queridos do meu blog, Paz e Bem ao coração de todos!

 Quero partilhar com vocês um lindo trecho do livro “Imitação de Cristo”, que hoje para mim está sendo um bálsamo. Sabe quando a gente planeja algo e sonha e as coisas não acontecem como a gente gostaria? Pois, é, aconteceu comigo e estava aqui pensativa e um pouco triste com um projeto que não pode ser iniciado.

Olhando na tela de meu computador, vi o arquivo que tenho do livro Imitação de Cristo, cliquei e comecei a ler ainda com o coração apertado, mas depois de ler um trecho muito lindo do livro, meu coração está em paz, tranqüilo, repousando e esperando em Deus que em seu tempo e se for de sua vontade fará acontecer. Senão acontecer terei a certeza que assim foi Deus que quis e que é para meu bem e minha felicidade.

 Desejo a vocês um lindo fim de semana e vamos rezar e meditar juntos esse trecho.

Fraternalmente, Fabiana.

Imitação de Cristo – Capítulo 22.1 – Da consideração da miséria humana

 Miserável serás, onde quer que estejas e para onde quer que te voltes, se não te voltares para Deus. Por que te afliges, quando não te correm as coisas a teu gosto e vontade? Quem é que tem tudo à medida de seu desejo? Nem eu, nem tu, nem homem algum sobre a terra. Ninguém há no mundo sem nenhuma tribulação ou angústia, quer seja rei quer Papa. Quem é que vive mais feliz? Aquele, de certo, que sabe sofrer alguma coisa por Deus.