Mensagem do Padre Pio

outubro 15, 2008

“Deus fala a quem tem um coração humilde aos olhos dele.”


Mensagem do Padre Pio

outubro 14, 2008

“O demônio só tem uma porta para entrar em nossa alma: a vontade.”


Mensagem do Padre Pio

setembro 29, 2008

“Faça o bem, em qualquer lugar, para que se possa dizer de ti: ‘este é um filho de Cristo’. Suporta as tribulações, as enfermidades e as dores, por amor a Deus e pela conversão dos pobres pecadores. Ele defende os fracos e consola os qeu choram”.

 


Mensagem do Padre Pio

setembro 25, 2008

“A prática das bem-aventuranças não requer atos de heroísmo, mas a aceitação simples e humilde das várias provações pelas quais a pessoa passa.”


FESTA DE SÃO PADRE PIO – 9° DIA DA NOVENA

setembro 23, 2008

 

Bom Dia meus amados irmãos e irmãs em Cristo Jesus!

Hoje nosso coração está em festa pois comemoramos a FESTA DE SÃ PADRE PIO. Em todas as partes do mundo temos celebrações em honra de Padre Pio. Nosso coração está em festa pois passamos esses nove dias em preparação a grande solenidade de hoje.

Quero agradecer a todos os que se uniram a mim em oração, mandaram seus pedidos de oração, tivemos até a presença de uma irmã da Espanha e outra da Itália. Além de centenas que acessaram o blog e que de alguma forma beberam da espiritualidade de Padre.

Tenham certeza que nossa novena não foi em vão, vocês colherão muitos frutos e espero receber os testemunhos das graças alcançadas.

Também quero dizer que ainda tenho muito a falar sobre o Padre Pio e aos poucos vou partilhando mais sobre a vida e os testemunhos.

Um forte abraço a todos e que são Padre interceda por todas as nossas necessidades.

Em Cristo Jesus,

Fabiana Paula.

Hoje veremos sobre duas grandes iniciativas do Padre Pio: O hospital Alívio do Sofrimento e os grupos de oração.

Boa leitura e não se esqueça de fazer seus pedidos de oração, clicando em comentários.

Um dos hospitais mais importantes da Itália, pela sua extensão e equipamentos de última geração, encontra-se em San Giovanni Rotondo. A Casa Alívio do Sofrimento, fundada há 50 anos por padre Pio, é uma verdadeira casa de acolhimento.

Padre Pio amava definir o hospital Casa Alívio do Sofrimento como “a pupila dos meus olhos”. No dia 05 de maio de 1956, em ocasião do discurso de inauguração, ao fim de um longo caminho de obstáculos de diversos gêneros, o Santo de Pietrelcina, visivelmente comovido e feliz, dizia ao grande número de pessoas que estavam presentes:

“Senhores e irmãos em Cristo, a Casa Alívio do Sofrimento está pronta. Agradeço aos benfeitores que, de diversas parte do mundo, colaboraram. Esta é uma criatura que a Divina Providência, com a ajuda de vocês, criou.”

Era a realização de um sonho por ele cultivado, desde há muito tempo, depois de ter visto a triste situação de tantos doentes que, naqueles anos dolorosos da guerra e de pós-guerra, não tinham assistência adequada. As crônicas nos dizem que padre Pio já tinha pensado em criar um hospital em 1940, chamando-o, na época de seu projeto, de “Casa Alívio do Sofrimento”, mas a declaração de guerra de 10 de junho de 1940 impediu tudo. Só em 1946 ele pôde constituir a sociedade encarregada de iniciar os trabalhos. A princípio, foi inaugurada com 300 leitos. Hoje, o hospital já possui 1000 leitos e, a cada dia, surgem outras necessidades.

O padre de Pietrelcina quis colocar no hospital os melhores materiais de construção. As paredes todas são decoradas com mosaicos manuais feitos um a um pelas mulheres da região. Há pilares de mármore com diversas cores, imagens sacras, capelas, flores e quadros. Este conjunto artístico gera a sensação de bem-estar, tornando-o, de fato, uma casa para o doente em tratamento.

Hoje, o hospital atende cerca de 50 mil pacientes de diversas partes da Itália em busca do alívio de suas dores. Eles recebem não apenas o atendimento médico, mas a atenção e o amor de todos aqueles que lá trabalham.

Informações Gerais sobre os “GRUPOS DE ORAÇÃO” instituídos por PADRE PIO

Padre Pio recomendava a todos que rezassem sempre. Seus filhos e filhas espirituais começaram a reunir-se para rezarem juntos e, assim, surgiram grupos espontâneos de fiéis ligados ao hospital fundado por Padre Pio: a “Casa Sollievo della Sofferenza”. Padre Pio aconselhava, dirigia e estabelecia os critérios precisos para esses grupos, que deviam seguir meticulosamente sua orientação.

A sede do “Centro dos Grupos de Oração” fica na “Casa Sollievo della Sofferenza”, em San Giovanni Rotondo – Itália.

O “Centro dos Grupos de Oração” cuida de tudo o que se refere à formação de novos “Grupos de Oração”, verificando que tudo esteja rigorosamente de acordo com o Estatuto.

O “Centro dos Grupos de Oração” recebe os relatórios de atividades e notícias relativas aos “Grupos de Oração” do mundo todo e se mantém em constante contato com todos os “Grupos de Oração”: assiste-os em suas iniciativas, fornece-lhes informações e publicações, encoraja-os e orienta-os. Além disso, envia-lhes instruções e informações, mediante circulares periódicas. O Diretor Geral dos “Grupos de Oração” está sempre atento a tudo o que diz respeito a seus problemas de organização e suas iniciativas.

Segundo dados estatísticos do “Centro dos Grupos de Oração”, existem no mundo todo 2156 “Grupos de Oração” regularmente registrados. Nesse número não estão incluídos os “Grupos de Oração” ainda em formação. No Brasil há quatro “Grupos de Oração” (em Brasília, no Rio de Janeiro e em São José do Rio Preto).

Basicamente, para se constituir um “Grupo de Oração” é necessário um grupo de fiéis que queira reunir-se para uma oração comunitária e um sacerdote que os oriente com a aprovação do Bispo; que se reúna numa igreja periodicamente ao menos uma vez por mês, sempre em dia fixo, para assistir à missa, rezar, meditar e escutar a palavra de Deus.

Os “Grupos de Oração” são chamados a fazer caridade de forma eficaz e atuante para alívio dos sofredores e necessitados, como ação prática de amor a Deus; e a cuidar de sua formação espiritual, aprofundando-se na doutrina católica.

Para ainda maior benefício da formação espiritual dos “Grupos de Oração”, além dos encontros mensais são também propostos outros encontros entre os Grupos.

A família espiritual envolvida em oração pela devoção a Padre Pio é tão grande que abrange sacerdotes, religiosas e leigos de todas as idades.

O novo Estatuto dos “Grupos de Oração”, aprovado pela Santa Sé em 3 de maio de 1986, reafirma a finalidade e os princípios básicos assinalados por Padre Pio a seus “Grupos de Oração” desde o início de sua constituição.

Os “Grupos de Oração” devem distinguir-se por sua fidelidade à Igreja, ao Papa, aos Bispos; pela formação cristã integral e pela vida de oração; pela caridade generosa com os sofredores, segundo a orientação de Padre Pio.  A estrutura organizacional, em plena harmonia com a estrutura hierárquica da Igreja, e com a presença absolutamente necessária do Sacerdote Diretor Espiritual, nomeado pelo Bispo, garante a formação e a adesão doutrinária do “Grupo de Oração” às diretivas do magistério da Igreja.

O certificado de adesão ao “Centro dos Grupos de Oração” na “Casa Sollievo della Sofferenza”, é o sinal externo da união do “Grupo de Oração” ao “Centro dos Grupos de Oração” instituído por Padre Pio, ao qual todos os “Grupos de Oração” devem enviar periodicamente um relatório de suas atividades, de modo que possa ser redigido um relatório geral anual.

Essa ligação especial com a Santa Sé e com o Santo Padre constitui um constante compromisso da Direção Geral dos “Grupos de Oração” de atuar em plena conformidade com a orientação do Santo Padre.
Fonte: http://www.padrepiogroup.com/
 
INFORMAÇÕES ADICIONAIS:
Para informações adicionais sobre os “Grupos de Oração”, escreva-nos ou dirija suas perguntas específicas diretamente ao “Centro dos Grupos de Oração” da “Casa Sollievo della Sofferenza” em San Giovanni Rotondo, no seguinte endereço:

Centro Gruppi di Preghiera (Centro dos Grupos de Oração)
Casa Sollievo della Sofferenza
Viale Cappuccini
71013 San Giovanni Rotondo (Foggia)

Italia

telefone: (39) (0882) 410-252

official website: www.operapadrepio.it

Novena 9° Dia

Humilde Padre Pio de Pietrelcina, Tu que és verdadeiramente amado pela Santa Madre Igreja; Roga à Deus, Nosso Senhor, ao Senhor das messes, para que mande trabalhadores a sua santa obra, e dê a cada um deles segundo o seu santo trabalho; De maneira que tenhamos no mundo, sacerdotes santos; Que estes obtenham a força e a inspiração divina. Ao mais, nós te rogamos à intercessão junto a Santíssima Sempre Virgem Maria; Para que conduza todos os homens a uma unidade de cristãos, reunidos na grande casa de Deus; Para que a Santa Igreja seja o Farol de luz e salvação, neste mar de tempestades que é a vida de hoje.

« Sempre se mantenha unido a Santa Igreja Católica, porque somente ela pode salvar-te, porque somente ela possui o Jesus Sacramentado, que é o verdadeiro príncipe da paz». Padre Pio

O que Deus fez através da intercessão do Padre Pio na sua vida? Clique em comentários e deixe seu testemunho.

 COROA AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

1 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade vos digo, pedi e recebereis, procurai e achareis, batei e ser-vos-á dado!” Eis que bato, procuro e peço a graça… Pai Nosso Ave Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

2 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade, vos digo, qualquer coisa que pedis ao meu Pai em meu nome, Ele vo-lo concederá!” Eis que ao Vosso Pai, em Vosso nome, eu vos peço a graça… Pai Nosso Ave Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

3 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade, vos digo, passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras jamais passarão!” Eis que, apoiado na infalibilidade das Vossas santas palavras, eu Vos peço a graça… Pai Nosso Ave Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!  

Oração: Ó Sagrado Coração de Jesus, a quem uma única coisa é impossível, isto é, a de não ter compaixão dos infelizes, tende piedade de nós, míseros pecadores, e concedei-nos as graças que Vos pedimos por intermédio do Coração Imaculado da Vossa e nossa terna Mãe. São José, Amigo do Sagrado Coração de Jesus, rogai por nós.

Rezar a Salve Rainha.

Pai Nosso Ave Maria e Gloria ao Pai.

 


Mensagem do Padre Pio

setembro 22, 2008

Oi gente, recebi essa mensagem do Padre Pio, tem tudo a ver com o assunto que partilhamos hoje.

Um abraço,

Fabiana Paula.

“A maior caridade é aquela que arranca as pessoas vencidas pelo demônio, a fim de ganhá-las para Cristo. E isso eu faço assiduamente, noite e dia.”


Novena de São Padre Pio – 4º Dia

setembro 18, 2008

Paz e Bem irmãos e irmãs!

Seguimos com nosso 4º dia da Novena a São Padre Pio e antes da novena como estamos fazendo desde o primeiro dia, vamos conhecer mais sobre a vida do Padre Pio.

Hoje conheceremos sobre o dom da osmogenesia, ou como falamos popularmente: os perfumes do Padre Pio.

Um forte abraço e continuem mandando suas intenções de oração. Clique em COMENTÁRIOS e deixe seu pedido.

Deus abençoe a todos!

Padre Pio, Rogai por nós!

Com carinho,

Fabiana Paula.

osmogenesia, é um carisma possuído por alguns Santos. Tal carisma, em algumas circunstâncias, permitiu percebe-se à distância perfumes particulares. Tais perfumes são definidos como odores de santidade. O Padre Pío chegou a manifestar tal carisma e estes fenômenos foram tão freqüentes  que as pessoas comuns ficaram admiradas e definiram este fenômeno como “Os Perfumes de Padre Pio”. O perfume emanava de seu corpo e também dos objetos que ele tocava e também de suas vestes. Em outras ocasiões, o perfume fora percebido nos lugares onde ele passava. 

Vejamos abaixo alguns testemunhos:

Um dia, o médico que atendia aos frades em San Giovanni, retirou do tórax do Padre Pío um, curativo composto de bandagens (gases) que foram utilizadas para estancar o sangue. O médico guardou os curativos em um estojo, para ser levado a um determinado laboratório localizado em Roma, para que fossem analisados por meio de testes laboratoriais. Durante a viagem, um Oficial e outras pessoas que estavam na mesma viagem, sentiram o perfume que era emanado do Padre Pío. Nenhuma daquelas pessoas sabiam que o médico possuía em seu bolso os curativos, contendo o sangue do Padre Pío. O médico conservou aqueles curativos no seu estojo, e o estranho perfume impregnou por longo tempo o estojo, tanto que os pacientes que foram visitados pediram explicações a respeito de tal perfume.

 Depois da conversão, um balconista Siciliano quis confessar-se com o Padre Pio. Estando com o Santo Pio, num gesto fraterno, ele segurou a sua mão direita por alguns instantes, porém, o suficiente para marca-lo por toda a vida, pois um perfume  único e indescritível o envolveu. Chegando em Foggia (Itália), notou que sua mão direita tinha um perfume que sua mão esquerda não possuía, era o mesmo perfume que ele sentiu quando  estava próximo do Padre Pio. O perfume não desaparecia nem sequer se ele lavasse as mãos. Considerando que, Padre Pio tinha dado a ele uma penitência durante dois meses, o balconista poderia sentir o mesmo perfume que subia de sua mão para seu peito  e nariz. O perfume era tão intenso que ele se sentia inebriado. Com o passar do tempo, e à medida que era cumprida a penitência, o perfume começava a desaparecer, fazendo com que o penitente tentasse de todas as formas voltar a senti-lo em seu corpo, sem qualquer resultado, por fim, quando a penitência terminou, o perfume sumiu, porém naquele homem, ficou a certeza de ter acontecido uma experiência viva da misericórdia de Deus em sua vida, através deste fraterno encontro com o Santo Padre Pio.

Um homem contou: “… um dia eu decidi seguir o sugestão da minha esposa para ir no Padre Pio. Eu não estava participando da igreja por um vinte e cinco anos, precisamente no dia de meu matrimônio. Eu sentia a necessidade de me confessar, mas assim que eu estive próximo a Padre Pio, ele me falou bruscamente sem olhar para mim: “Vá embora! ” – Eu respondi: “Eu estou aqui para me confessar, e me dê a absolvição” – eu lhe falei asperamente, mas ele respondeu asperamente: “Vá embora, eu disse.” e eu fui embora. Eu sai da pequena Igreja e fui para o hotel. Minha esposa que tinha me visto sair da Igreja daquele modo, me encontrou no hotel e perguntou: o que aconteceu? O que você está fazendo? ” – Ela queria saber. “Eu vou arrumar a mala e ir embora”, eu respondi. Mas naquele momento senti uma nuvem de perfume. Era um intenso perfume, maravilhoso. Eu estava confuso. Eu me tranquilizei no momento e eu sentia dentro de mim um grande vontade de ver o Padre Pio. Eu voltei para vê-lo mais tarde, mas antes de falar com ele, eu examinei minha consciência cuidadosamente. Amavelmente Padre Pio me deu boas-vindas e me deu a absolvição.” 

Um cavalheiro de Canicatti (Sicília-Itália) contou: – “No princípio do ano 1953, minha esposa estava grávida, e ela teve um problema sério. A vida dela e a vida da criança estavam em perigo, disse os doutores. Nenhuma operação teve sucesso. No dia 3 de maio, eu estava desesperado e escrevi uma carta para Padre Pio pedindo a ajuda dele. Alguns dias depois, minha esposa e eu estavamos em diferentes quartos, quando no mesmo tempo sentimos um perfume misterioso de rosas. Naquele momento precioso o carteiro bateu à porta e nos entregou uma carta que foi enviada do convento de St. Giovanni Rotondo no qual nós lemos que o Padre Pio tinha rezado para minha esposa e para nossa criança. Um dia depois nós fizéssemos outro check-up médico, notamos com surpresa que a doença tinha desaparecido.” 

 

4º Dia

Castíssimo Padre São Pio de Pietrelcina, que tanto amastes e nos ensinastes a amar o Santo Anjo da Guarda, o que te serviu de companhia, de guia, de defensor e de mensageiro. A ti as figuras Angélicas levaram os rogos dos teus filhos espirituais. Intercede a Deus por nós para que também nós aprendamos a falar com nosso Anjo da Guarda, para que a todo o momento saibamos obedecer-lhe, pois és a luz viva de Deus que nos livra da desgraça de cair em pecado. Nosso Anjo sempre está pronto a ensinar-nos os caminho do bem e a dissuadir-nos de fazer o mau. 

« Invoca o teu Anjo da Guarda, que te iluminará e te conduzirá. Deus O te deu por este motivo. Por tanto vale-te Dele ». Padre Pio

COROA AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

1 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade vos digo, pedi e recebereis, procurai e achareis, batei e ser-vos-á dado!” Eis que bato, procuro e peço a graça… Pai Nosso Ave Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

2 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade, vos digo, qualquer coisa que pedis ao meu Pai em meu nome, Ele vo-lo concederá!” Eis que ao Vosso Pai, em Vosso nome, eu vos peço a graça… Pai Nosso Ave Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

3 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade, vos digo, passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras jamais passarão!” Eis que, apoiado na infalibilidade das Vossas santas palavras, eu Vos peço a graça… Pai Nosso Ave Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

Oração: Ó Sagrado Coração de Jesus, a quem uma única coisa é impossível, isto é, a de não ter compaixão dos infelizes, tende piedade de nós, míseros pecadores, e concedei-nos as graças que Vos pedimos por intermédio do Coração Imaculado da Vossa e nossa terna Mãe. São José, Amigo do Sagrado Coração de Jesus, rogai por nós.

Rezar a Salve Rainha.

Pai Nosso Ave Maria e Gloria ao Pai. 

 


Mensagem do Padre Pio

setembro 15, 2008

Não abandone sua alma à tentação, diz o Espírito Santo, já que a alegria do coração  é a vida alma, é um tesouro inexaurível de santidade; enquanto a tristeza é a morte lenta da alma e não adianta coisa alguma”.


Mensagem do Padre Pio

setembro 11, 2008

“Este meu coração é teu… Meu Jesus, toma, então, meu coração, para enchê-lo com teu amor e depois ordena-me o que quiseres”.


Pensamento do dia

setembro 4, 2008

 São Francisco de Assis (sermão dos pássaros – Giotto).

“O que temer? Nada.
A quem temer? Ninguém.
Por que? Porque aqueles que se unem a Deus obtém três grandes previlégios: onipotência sem poder; embriaguez, sem vinho e vida sem morte”.

São Francisco de Assis