Músicos segundo o coração de Deus: Profeta entre as nações!

globo terrestre

“Foi-me dirigida nestes termos a palavra do Senhor: Antes que no seio fosses formado, eu já te conhecia; antes de teu nascimento, eu já te havia consagrado, e te havia designado profeta das nações. E eu respondi: Ah! Senhor JAVÉ, eu nem sei falar, pois que sou apenas uma criança. Replicou, porém o Senhor: Não digas: Sou apenas uma criança: porquanto irás procurar todos aqueles aos quais te enviar, e a eles dirás o que eu te ordenar.  Não deverás temê-los porque estarei contigo para livrar-te – oráculo do Senhor. E o Senhor, estendendo em seguida a sua mão, tocou-me na boca. E assim me falou: Eis que coloco minhas palavras nos teus lábios”.  (Jer 1.4-9)

Continuando nossa série de formação para músicos, vamos hoje meditar um texto que muito me encanta e fala muito ao meu coração:  O profetismo. O primeiro ponto na leitura do texto do livro do profeta Jeremias é o chamado de um jovem, como ele mesmo diz “um menino” , “uma criança”, para uma missão de muita responsabilidade: Ser Profeta e anunciar aos povos sua mensagem. Esse convite o deixou como que desesperado e preocupado, ou seja, ainda tinha muito que aprender, sentia-se despreparado, imaturo e com medo da grandeza da missão que lhe estava sendo confiada.

Mas o Senhor o tranquiliza dizendo que desde que no ventre de sua mãe fosse concebido Ele já o conhecia, já o havia escolhido para ser profeta entre as nações.

Podemos então nos colocar como o profeta Jeremias, diante do nosso dom musical, como o nome já diz é um dom, um presente de Deus, foi o Senhor que desde o ventre materno nos escolheu e nos deu o dom da música. É lindo saber que foi o senhor que nos escolheu, nos amou e convidou para a missão evangelizarmos através da música.

Muitas vezes nos sentimos como Jeremias diante da missão que Deus nos confia. Olhando a responsabilidade de sermos bons músicos, coerentes com nossa fé e com o que cantamos e tocamos, vem o medo e a sensação de incapacidade. Será que consigo? Será que estou preparado? Será que serei bem sucedido? Porque nós, assim como o profeta somos crianças, crianças na fé e muitas vezes no entendimento do projeto de Deus e diante de uma missão exigente, muitas vezes queremos recuar, voltar a atrás, dizer não.

Eu mesma posso testemunhar o quanto Deus tem operado em minha vida. Muitas vezes estou no palco e alguns pensam que lá é um lugar de glamour, um status, mas na verdade é um lugar de missão, pois em vários momentos estou ali somente fortalecida no Senhor, quantas vezes passando por um momento difícil, quando a vontade é não ir em missão, ficar dentro da minha “bolha”, de área de conforto e viver as crises e a dificuldade bem distante de todos. Mas, qual foi a ordem e a promessa que o Senhor fez ao profeta Jeremias e que se estende a todos nós?

“Eu te envio como Profeta entre as nações”!

E o profeta é aquele que anuncia. Anuncia o Reino de Deus, o amor de Deus que é infinito e rico em misericórdia, anuncia que para seguir Jesus é necessário renunciar a nós mesmos, carregar todo dia nossa cruz e seguir junto com o Mestre na caminhada. Ser profeta é ir contra a maré do capitalismo selvagem, do ter, ser, possuir, da sede de grandezas, da cobiça que nos cega e nos faz perder a essência de sermos todos irmãos. Ser profeta é dizer não ao relativismo, ao aborto, as doutrinas que nos fazem perder nossa fé, que é nosso maior tesouro. Ser profeta é jogar fora o que nos escraviza e vicia o que nos torna fracos e dependentes. Ser profeta é dizer sim aos valores cristãos, a família e gritar bem alto que vale a pena ser de Deus, viver a castidade, a pureza e uma vida de honestidade e ética.

E quero concluir dizendo que você músico é esse grande profeta entre nações. Deus te deu voz e instrumento para ecoar nesse mundo tão carente de uma palavra de conforto, de uma palavra amiga, verdadeira, sem segundas intenções. Quando você fraquejar, pecar, desanimar, sentir-se fraco e sem forças, lembre-se da palavra do Senhor ao profeta Jeremias, ela é para você também:

“Porquanto irás procurar todos aqueles aos quais te enviar, e a eles dirás o que eu te ordenar.  Não deverás temê-los porque estarei contigo para livrar-te – oráculo do Senhor. E o Senhor, estendendo em seguida a sua mão, tocou-me na boca. E assim me falou: Eis que coloco minhas palavras nos teus lábios”.

Vamos rezar juntos:

Senhor, nosso querido e amado Deus, queremos nesse momento agradecer em primeiro lugar pelo dom, pelo chamado ao ministério de música. Pedimos força, coragem, discernimento e sabedoria para que possamos conduzir e servir da melhor maneira. Sempre obedientes a ti, ao teu chamado e que nunca esqueçamos do verdadeiro sentido da nossa vocação.

Muito obrigado Senhor!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: