Meditação

Lc 14,15-24

Um dos que estavam à mesa ouviu isso e disse para Jesus:
– Felizes os que irão sentar-se à mesa no Reino de Deus!
Então Jesus lhe disse:
– Certo homem convidou muita gente para uma festa que ia dar. Quando chegou a hora, mandou o seu empregado dizer aos convidados: “Venham, que tudo já está pronto!”
– Mas eles, um por um, começaram a dar desculpas. O primeiro disse ao empregado: “Comprei um sítio e tenho de dar uma olhada nele. Peço que me desculpe.”
– Outro disse: “Comprei cinco juntas de bois e preciso ver se trabalham bem. Peço que me desculpe.”
– E outro disse: “Acabei de casar e por isso não posso ir.”
– O empregado voltou e contou tudo ao patrão. Ele ficou com muita raiva e disse: “Vá depressa pelas ruas e pelos becos da cidade e traga os pobres, os aleijados, os cegos e os coxos.”
– Mais tarde o empregado disse: “Patrão, já fiz o que o senhor mandou, mas ainda está sobrando lugar.”
– Aí o patrão respondeu: “Então vá pelas estradas e pelos caminhos e obrigue os que você encontrar ali a virem, a fim de que a minha casa fique cheia. Pois eu afirmo a vocês que nenhum dos que foram convidados provará o meu jantar!”

Meus queridos em Cristo Jesus, hoje ao ler essa passagem fiquei a meditar tantas coisas, nem sei se conseguirei passar para o papel tudo o que meditei e os sentimentos que me vieram ao coração. Bem, a primeira coisa foi a seriedade do chamado de Deus, primeiro que Deus não aceita desculpas  para o nosso “não”, se Ele nos chama é porque acredita que estamos prontos, mesmo  com nossas imperfeições, Jesus nos convida e não cabe a nós decidirmos se estamos “prontos” para seguir o caminho do Senhor, a nós cabe o SIM, como Maria e Jesus não aceita nossas desculpas “esfarrapas”, Ele não aceita adiamentos… Quando Ele chama e recebe um não Ele vai a procura de outros e o que me encanta nessa passagem é que Jesus manda que sejam trazidos pobres, aleijados, cegos e coxos… Enquadrei-me nesses últimos, realmente eu e sei que muitos de nós fomos chamados por Jesus e somos esses pobres e doentes, mas o lindo é saber que Jesus não se importa Ele nos quer assim, o importante foi o sim sem barreiras ou questionamentos, Jesus nos chama e nos aceitamos como somos e estamos…

Jesus hoje te chama, qual a sua resposta a Ele… Medite e responda não a mim, mas ao próprio Jesus…

Um super abraço fraterno e uma excelente semana a todos!

Com carinho,

Fabiana Paula.

Anúncios

2 respostas para Meditação

  1. Fatima Santana disse:

    A paz de Cristo no teu coração,Fabiana.Hoje,tb tive uma impressão semelhante ao ler o evangelho.
    Interessante q um pouco antes, meu esposo veio me dizer q a torneira da cozinha só precisava de um jeitinho para fechar bem e,não mais pingar e logo respondi:o certo é vc comprar logo o reparo,pois jeitinho não vai resolver o disperdício de água q poderá haver.E qd comecei a fazer a minha leitura do dia,trouxe para minha realidade,pq muitas vezes damos alguns jeitinhos para não corresponder ao nosso chamado por inteiro,essas desculpas q vc falou.Buscamos levar nossa vida no empurranzinho,e nisso quem sai perdendo somos nós mesmos.Jesus deseja ter uma oportunidade na nossa vida e,com as desculpas nossas vidas começa a perder a essência do chamado.Talvez o q falte em nós(em mim)é q sejamos mais verdadeiros.Quem somos nós para questionar o chamado de Deus, Ele nos quer do jeitinho q somos, para q possa acontecer o milagre da restauração e possamos ser luz com o nosso testemunho.E,levar esta verdade de salvação: q Jesus é o caminho,a verdade e a vida, e não há outro caminho.Paz e bem.

  2. Aimá disse:

    Olá Fabiana, que bom que voltastes e que benção sua viagem…
    Puxa continuo me maravilhando com sua partilha…que legal. A minha dendencia é negar quando recebo algum convite para pregação ou serviço…penso na minha incapacidade, nervosismo, insegurança de passar a mensagem, medo de decepsionar o outro e muitos outros sentimentos…pensando no não, digo sim…e é sempre uma surpresa, Deus me capacita, tira o medo, o nervosismo desaparece, enfim, eu sou a primeira a tirar proveito de tudo. Mais digo: “Senhor, eu gosto dos bastidores…”
    Mais a obra é dEle, né?
    Eu concordo contigo Fabi quando te referes a nós como um dos deficientes…é verdade, é forte, né?
    Que bom saborear esta reflexão, até mesmo com a Fátima do Paulo, é legal a partilha.
    Que Deus continue te abençõando, e a todos que te rodeam…
    Paz!
    Aimá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: