Quando fui a “Boa Samaritana”…

bom-samaritano

Primeiro, quero agradecer a todos que acessaram meu blog no dia de São Padre Pio(dia23/09), foi super acessado e isso me deixou muito feliz, pois sei que há uma multidão de devotos, de filhos e filhas espirituais do Padre Pio, espalhados no Brasil e no mundo.

Bem, mas hoje quero partilhar com vocês algo muito lindo que aconteceu comigo. Vocês conhecem o Evangelho do Bom Samaritano, ele é muito lindo,  sempre me toca muito, mas há alguns dias aconteceu algo que me fez pensar ou melhor viver um pouco aquele Evangelho.

Saí de minha casa e estava caminhando em direção à Comunidade Obra de Maria onde fico a manhã e a tarde inteira.

Passando em frente a uma casa, vi que o contador de energia elétrica estava em curto, fazendo barulho e faíscas. Olhei, parei, observei o que estava acontecendo, mas estava com pressa, tinha muitas coisas para ver na comunidade, olhei para um lado e para o outro, não vi ninguém… sai andando, deixei para trás a situação, não era minha, não sabia quem morava lá, não conhecia as pessoas… Depois de caminhar um pouquinho me veio a mente a passagem do Bom Samaritano: “Passou o sacerdote, o levita, estavam ocupados, não queriam se sujar”, eu estava sendo igual a eles ou melhor, pior, pois conheço Jesus Cristo, a sua Palavra, sua herança, “meu Deus como pude”… Voltei depressa e comecei a bater no portão da casa, ninguém atendeu, então fui a casa vizinha, também ali não havia ninguém, fui batendo de casa em casa até achar uma aberta e falei com um senhor que estava, fomos até lá e até que enfim uma senhora  idosa nos atendeu, moram duas idosas e ficaram bem assustadas quando viram o que estava contecendo, o senhor que veio comigo ligou para a companhia de eletricidade, tudo doi desligado na casa e aguardaram até a manutenção chegar. Fiquei depois pensando se eu não tivesse chamdo ajuda, poderia ter acontecido um grave acidente com duas pessoas tão indefesas…

Cheguei bem atrasada na comunidade, mas com uma sensação de muita paz no meu coração,pois ao invés de seguir o exemplo do sacerdote e do levita, segui o exemplo do Bom Samaritano. Eu fiz tão pouco e sei que posso fazer muito mais.

Fica então essa lição para todos nós, nunca deixemos de fazer o bem, não existe “pressa” quando alguém precisa de nossa ajuda e apoio.

Um abraço fraterno a todos e que o Bom Deus os abençoe.

Fabiana Paula.

 

Anúncios

2 Responses to Quando fui a “Boa Samaritana”…

  1. Paloma disse:

    “Nunca deixemos de fazer o bem, não existe “pressa” quando alguém precisa de nossa ajuda e apoio.”
    Realmente, fabi, no mundo em que vivemos, rápido, acelerado, corrido…precisamos estar muito atentos e sensíveis à necessidade alheia!! Estamos frequentemente apressados e com isso podemos sim diversas vezes ser indeferentes a pequenos detalhes, ações, que podem fazer a diferença…
    Que peçamos ao Bom Deus, o Bom Samaritano, que tenhamos um coração semelhante ao Dele, que nossas vidas estejam primeiramente a disposição do outro!!!

  2. ERICA disse:

    BOM DIA FABIANA EU GOSTARIA DE TE PEDIR QUE VC ORASE PELO MEU FILHO EMERSON PARA QUE ELE NAO FIQUE REPROVADO NA ESCOLA DES DE JA EU TE AGRADESO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: