Sem mim nada podeis fazer…

 

"Eu sou a Videira e meu Pai é o Agricultor"...

"Eu sou a Videira e meu Pai é o Agricultor"...

 

 

Naquele tempo, Jesus disse a seus discípulos:
 “Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor.
Todo ramo que em mim não dá fruto ele o corta; e todo ramo que dá fruto, ele o limpa, para que dê mais frutos ainda. Vós já estais limpos por causa da palavra que eu vos falei.
Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira, assim também vós não podereis dar fruto, se não permanecerdes em mim.
Eu sou a videira e vós os ramos. Aquele que permanece em mim, e eu nele, esse produz muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.
Quem não permanecer em mim, será lançado fora como um ramo e secará. Tais ramos são recolhidos, lançados no fogo e queimados.
Se permanecerdes em mim e minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes e vos será dado.
Nisto meu Pai é glorificado: que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos”.

O Evangelho de ontem, tão cheio de significado e de profundidade nos convida a uma reflexão e uma tomada de decisão.

Primeiro sabermos que nada provém de nossos méritos, pois somos dependentes da graça do Senhor. Ele é a videira, nós somos os ramos e como bons ramos temos que dar frutos, pois foi para isso que fomos criados.

Quais os frutos que devemos dar?

A segunda leitura de ontem responde, fiquei meditando as palavras de São João em sua 1º Carta:

“Filhinhos, não amemos só com palavras e de boca, mas com ações e de verdade! Aí está o critério para saber que somos da verdade e para sossegar diante dele o nosso coração, pois, se o nosso coração nos acusa, Deus é maior que o nosso coração e conhece todas as coisas.
Caríssimos, se o nosso coração não nos acusa, temos confiança diante de Deus. E qualquer coisa que pedimos recebemos dele, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é do seu agrado.
Este é o seu mandamento: que creiamos no nome do seu Filho, Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, de acordo com o mandamento que ele nos deu.
Quem guarda os seus mandamentos permanece com Deus e Deus permanece com ele. Que ele permanece conosco, sabemo-lo pelo Espírito que ele nos deu”.

O amor resume todas as qualidades que devemos pedir ao Senhor, mas lembrem-se que somente com suas forças você não será capaz de dar passos verdadeiros e firmes, pois sem Jesus nada podemos fazer!

Uma excelente semana.

Fraternalmente,

Fabiana Paula.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: