Missão de Dombe – Moçambique

Boa Tarde amados em Cristo Jesus! Paz e Bem a todos!

Hoje quero de uma forma especial, partilhar sobre a Missão da Comunidade Obra de Maria, em solo africano, desta vez em Moçambique, na cidade de Dombe.

É uma grande bênção e um grande desafio, pois a cultura e a realidade local é bem diferente de tudo o que os missionários já tinham vivido antes.

Mas, se o Senhor permitiu a ida da Comunidade para lá, cremos que é porque Ele tem um propósito, então: Eis-nos aqui Senhor!

Foram enviados 2 missionários, o Adélio e o Francisco.

Abaixo o Adélio descreve um pouco de sua experiência nesses primeiros dias no continente africano.

A nós que ficamos aqui no Brasil, resta-nos a oração e o desejo que essa missão dê muitos frutos!

Força, Fé e Coragem irmãos!

Deus os abençoe,

Fabiana Paula.

“Quero partilhar um pouco da nossa experiência na África, em Moçambique. Estamos na Província de Chimoio numa região muito pobre na cidade de Dombe. Aqui uma das grandes dificuldades é não termos energia elétrica. Nossa missão é localizada numa zona de interior de Dombe, aqui ajudamos em um internato para jovens rapazes e moças estudantes. A população em geral é muito carente, eles têm necessidades de tudo principalmente das ações básicas como saúde, educação, nutrição e cidadania. Evidentemente que nosso trabalho tem que ser muito lento uma vez que estamos dentro de uma cultura muito diferente da nossa. Para terem uma idéia, aqui os homens podem ter mais de uma mulher, isso e normal entre eles, evangelizar nunca cultura diferente da nossa requer sobre tudo muita paciência com o povo de Deus. Temos que encontrar o ponto de equilíbrio entre cultura e religião, e fazer com que ambas possam conviver bem se ajudando mutuamente sem que uma interfira na outra de modo a modificá-la, eis um grande desafio. As mulheres são muito submissas ao homem e trabalham muito, na maioria elas trabalham mais que os homens, pois são elas que cuidam da machabra (roçado, plantação), são elas que cuidam da casa, das crianças enfim, são muito fortes e guerreiras. Pela tradição os homens devem cuidar da pecuária, ou seja, dos animais (bois, cabras, porcos, …), como estes diminuíram muito principalmente depois da guerra, os mesmos ficaram um pouco que acomodados e deixaram o trabalho na roça para as mulheres, de modo que se hoje elas veem um homem trabalhando na roça elas acham estranho. Em mais de 90% da casas faz-se apenas uma refeição por dia, por volta das 15horas, refeição feita a base de farinha de milho e água, o que eles chamam de massa. A carne ou caril, pode ser feito de folhas de feijão ou quando se tem alguma carne que pode ser bode ou galinha. Também comem grilos, ratos e sapos. Apesar de tudo é um povo que canta e faze celebrações lindas, tem um sorriso encantador. Aprenderam a viver com o necessário, coisa que muitos de nós ainda não sabemos. Estamos procurando aos poucos convivendo com eles levar a mensagem de amor e esperança de Cristo. Mensagem esta que ultrapassa nossa diferença de raça e cor. Que está além da impunidade das autoridades que nada fazem ante tanta necessidade, que vai além da indiferença de tantos que nada fazem pelo próximo. Se fizermos algo por eles, sinceramente não sei, mas que já recebi muito deles podem crer que sim. Ser missionário aqui em Dombe é viver sobretudo com o olhar no Cristo que virá recolher cada pequeno gesto de amor feito a cada filho Dele, pois aqui nós apenas plantamos; os  frutos, Ele no seu tempo colherá. Lembro que há mais alegria em dar do que em receber, vir pra Dombe em Moçambique é deixar tudo pelo TUDO. É isso ai Comunidade Obra de Maria sirvamos ao Senhor de todas as formas e com alegria”.

 Adélio Claudino da Silva

Comunidade Obra de Maria

Missão de Dombe – Moçambique

Adélio em solo Africano

Adélio em solo Africano

Adélio e Francisco com um Moçambicano ao centro.

Adélio e Francisco com um Moçambicano ao centro.

Foto do povo moçambicano

Foto do povo moçambicano

Mulheres Moçambicanas, Guerreiras!

Mulheres Moçambicanas, Guerreiras!

A vida no campo

A vida no campo

No olhar do menino, a esperança de dias melhores!

No olhar do menino, a esperança de dias melhores!

Anúncios

5 Responses to Missão de Dombe – Moçambique

  1. Fatima Santana disse:

    Paz e bem.
    Isso verdadeiramente é jogar as redes até os confins da terra, Fabiana. Que Deus possa abençoar cada vez mais a nossa Comunidade para que ela dê muitos mais frutos na evangelização do Reino do Senhor Jesus. Pois, esta deve ser a missão de todo cristão, levar Jesus vivo e ressuscitado a todos os povos.Quando não podemos pessoalmente fazer acontecer, ajudamos com outras necessidades para que a evangelização não perca seu propósito que é salvar almas. Que Deus nos abençoe e mande mais operários e doações, pois a messe é grande e os operários na vinha do Senhor são poucos, para um povo tão sedento, mais que traz a alegria estampada no rosto, por está vivo!E, isso é um dom e o maior presente que Deus concede a cada um, que é a vida.Amém.

  2. Valquiria disse:

    Lindo seu trabalho.

  3. Laurinda Viana Wallin disse:

    Gostei de ler o seu artigo.
    Eu nasci no Dombe faz muitos anos. Nessa altura Dombe tinha : lojas, escolas, um Posto de saúde que funcionava muito bem. Havia um enfermeiro (o meu pai), uma parteira e um auxiliar. Para as grandes operações que requeriam outro equipamento os doentes eram transportados para o grande Hospital, no Chimoio. A boa e fértil terra dava de tudo: milho, sorgo, diversa fruta e hortaliça. As pessoas criavam e caçavam animais. Por isso carne não faltava. Do rio Lucite saboreava-se bom peixe. Dos crocodilos tínhamos que nos acautelar.
    O que é preciso é boa vontade e muito trabalho o resto vem junto. Boa sorte!

  4. SER UM REPREZENTANTE DE CRISTO NESTAS COMUNIDADE E MUITO LOUVAVEL.OS FILHOS DE DEUS ESTA MUITO, NESSECITADO.DE UMA PALAVRA AMIGA,DE CONFORTO, DE UM ABRACO AMIGO, E DE AMOR, A MINHA FILHA QUE E RELIGIOSA ESTA INDO PARA FAZER PARTE DA OBRA DE MARIA. E CUMPRIR COM A SUA MISAO. QUE DEUS ABEMCOE A ELA E A TODOS.QUE ABRACA ESTA CAUZA.

    • olgacy maria nascimento do amaral disse:

      A Paz de Jesus e o Amor de Maria!
      Fui agraciada com uma passagem pela Obra de Maria para missão em Dombe. Foram dias maravilhosos! Gostei muito do povo africano. São alegres, simpáticos, muito devotos, acolhedores. Espero voltar um dia e rever os amigos que lá deixei. Deus abençoe todos que lá dão sua vida. Unidos em oração!
      Olgacy Maria Nascimento do Amaral-voluntária da Fazenda da Esperança em Alhandra-PB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: